De cabeça pra baixo

O Brasileirão começou enquanto o país alcançava a triste marca de 100 mortos vítimas da covid-19. E como era de se esperar, o futebol não é imune ao vírus. Prova disso foi o surto no elenco do Goiás, que poucas horas antes da estreia teve a notícia de que 9 jogadores testaram positivo. A partida foi adiada minutos antes, com o São Paulo já em campo.

O tema gerou debates. Na quarta-feira (12), o Atlético-GO jogou contra o Flamengo com jogadores que haviam testado positivo. Segundo o médico da CBF, não havia risco de contaminação e os atletas foram liberados. O atual campeão sentiu a falta do técnico Jorge Jesus e perdeu duas partidas consecutivas, para Atlético-MG e Atlético-GO, e ocupa a última posição após duas rodadas.

Na ponta de cima da tabela, Athletico-PR, Atlético-MG e Internacional têm 100% de aproveitamento. Destaque para o Galo do técnico argentino Jorge Sampaoli, que mostra o melhor futebol e desponta como favorito ao título após vencer Flamengo e Corinthians.

Alguns times jogaram apenas uma partida, caso dos cariocas Vasco e Botafogo. O cruzmaltino estreou com vitória diante do Sport, e o alvinegro empatou com o Bragantino. Outro que estreou na segunda rodada foi o São Paulo, que venceu o Fortaleza, dirigido pelo técnico Rogério Ceni, que pela primeira vez enfrentou o clube onde foi ídolo como jogador.

Jogos do final de semana:

Sábado
Grêmio x Corinthians – 19h (Arena do Grêmio)
Coritiba x Flamengo – 19h30 (Couto Pereira)
Palmeiras x Goiás – 21h30 (Allianz Parque)

Domingo
Atlético-MG x Ceará – 11h (Mineirão)
Vasco x São Paulo – 16h (São Januário)
Bahia x Bragantino – 16h (Pituaçu)
Fluminense x Internacional – 18h (Maracanã)
Atlético-GO x Sport – 19h (Olímpico)
Fortaleza x Botafogo – 19h30 (Castelão)
Santos x Athletico-PR – 19h45 (Vila Belmiro)

Deixe um comentário