Daniel Alves será o capitão contra a Argentina na homenagem a Carlos Alberto

daniel-alves-pedro
Daniel Alves será capitão pela segunda vez na Era Tite. Foto: Pedro Martins/MoWA Press/divulgação

Daniel Alves será o primeiro jogador da Era Tite a usar a braçadeira de capitão da Seleção Brasileira pela segunda vez nesta quinta, no clássico contra a Argentina, no Mineirão, pelas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2018. O motivo, porém, não é uma simples escolha do treinador e sim algo muito mais importante.

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) anunciou na tarde desta terça (8) que o lateral direito representará uma homenagem a Carlos Alberto Torres, o Capita, que morreu dia 25 de outubro. Por isso, o jogador da Juventus (Itália), escolhido por atuar na mesma posição que consagrou o Capita, também vestirá a camisa 4. Em sua braçadeira estará gravada a frase “Eterno Capitão”.

Autor de nove gols em 69 partidas pela Seleção, Carlos Alberto é considerado um dos maiores laterais da história do futebol, foi revelado pelo Fluminense e se tornou um dos grandes ídolos do Santos em um time que marcou época no futebol. Mas, seu gol em cima da Itália na grande final da Copa do Mundo de 1970 e o gesto de ter erguido aquela taça no México foram os momentos que mais marcaram sua trajetória.

} else {

Fonte:

Deixe um comentário