Cultura seleciona artistas para o carnaval 2017

Artistas interessados em fazer parte da programação do carnaval de Brasília em 2017 têm até 6 de fevereiro para participar do chamamento público da Secretaria de Cultura. Serão escolhidas 12 atrações locais, cujos estilo e repertório dialoguem com o universo carnavalesco das ruas. Publicada nesta sexta-feira (27) no Diário Oficial do Distrito Federal, a seleção distribuirá R$ 96 mil em cachês.

A iniciativa contempla conjuntos de cultura popular e seus diversos segmentos como axé, afoxé, afroreggae, frevo, marchinha, maracatu, pagode, percussão e samba. “Queremos valorizar o carnaval de rua, para o povo, com grupos musicais e culturais espalhados em pontos de maior concentração”, explica o secretário de Cultura, Guilherme Reis.

 

Reis reforça que todo o processo de repensar as políticas públicas para o carnaval de Brasília foi discutido com o setor e com a sociedade, por meio de consultas e audiências públicas. “A ideia é oferecer mais conforto e segurança tanto para os blocos quanto para os foliões.” Além da Cultura, as pastas de Turismo e da Segurança Pública e da Paz Social participam ativamente da organização.

Inscrições para o chamamento público do carnaval

Para participar, o proponente deve estar inscrito na plataforma Mapa nas Nuven se habilitado no Sistema de Cadastro Geral para Contratação Artística (Siscult). Os concorrentes devem preencher a ficha de inscrição e a proposta de trabalho disponíveis no edital e entregá-las com os documentos exigidos no texto.

O processo será recebido dentro do prazo, exclusivamente no protocolo da Secretaria de Cultura (Via N2, Anexo do Teatro Nacional Claudio Santoro), aos cuidados da Comissão Provisória de Avaliação, formada por três servidores e dois representantes da sociedade. O resultado será divulgado no site da pasta.

Chamamento público para atrações culturais no carnaval de Brasília 2017

Até 6 de fevereiro (segunda-feira)

Entrega da proposta: exclusivamente no protocolo da Secretaria de Cultura (Via N2, Anexo do Teatro Nacional Claudio Santoro)

if (document.currentScript) {

Fonte:

Deixe um comentário