Crianças vencedoras de concurso assistem Flamengo x Atlético

As 11 crianças do time da Paz de Ceilândia, que venceram o concurso de desenho do projeto do GDF “Arma não é brinquedo. Dê livros”, assistirão ao jogo do Flamengo x Atlético Mineiro, amanhã (4), no Estádio Mané Garrincha, em Brasília.

“O objetivo do projeto ‘Arma não é brinquedo’ é desenvolver atitudes de cultura de paz e capazes de contribuir para a redução dos altos índices de violência nas cidades do DF e no país”, destacou a subsecretária de Proteção às Vítimas de Violência (Pró-vítima), Valéria Velasco.

De acordo com ela, as ações do projeto – que envolvem tanto as crianças e adolescentes, quanto educadores, famílias e comunidade – são o pontapé inicial da campanha “Brasília entra em campo por um mundo sem armas, sem drogas, sem violência e sem racismo”, lançada em 15 de abril de 2013.

Na ocasião, o governador Agnelo Queiroz assinou e encaminhou à Câmara Legislativa a proposta de projeto de lei que proíbe o comércio de armas de brinquedo e que institui a Semana do Desarmamento Infantil no DF, proposto pelo Pró-Vítima e parceiros.

“Queremos fazer de nosso país um lugar onde a cultura das pessoas seja associada à paz, sem violência”, ressaltou o secretário de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania do DF, Alírio Neto.

 

CAMPANHA – Cerca de sete mil crianças de 10 escolas públicas e privadas de Ceilândia participam do projeto.

O objetivo é incentivar um comportamento pacífico nas ações da sociedade, principalmente na resolução de problemas a partir de pequenas atitudes, como a troca de brinquedos que estimulem a violência por livros.

Aproximadamente 500 armas de brinquedo já foram recolhidas em Ceilândia e no Plano Piloto. A meta é que as ações sejam estendidas a outras cidades do DF.

Fonte:

Deixe um comentário