Corpo de menina morta após alta dose de adrenalina no DF é enterrado

Foi enterrado na tarde desta quinta-feira (24) na Cidade Ocidental, no Entorno do Distrito Federal, o corpo da menina de 1 ano e 7 meses que morreu no Hospital Regional de Santa Maria depois de ter tomado 3,5 mililitros de adrenalina no Hospital Materno Infantil de Brasília (HMIB).

Tanto a Secretaria de Saúde quanto o Conselho Regional de Medicina (CRM) do DF abriram investigação para apurar o caso.

O Ministério Público do Distrito Federal (MPDF) informou que também vai investigar a morte. De acordo com o promotor Diaulas Ribeiro, o atestado de óbito não conclui a causa da morte. “Vamos ouvir, num primeiro momento, a equipe de enfermagem do HMIB, porque é neste momento que surge o fato dado pela família como causador da morte, quando a criança é medicada”, disse Ribeiro.

Fonte: G1

Deixe um comentário