Corinthians demite Oswaldo de Oliveira

Osvaldo teve baixíssimo aproveitamento nesta passagem pelo Timão. Foto: Daniel Augusto/Ag. Corinthians

Oswaldo de Oliveira não comandará o Corinthians na temporada de 2017. Nesta quinta-feira (15), a diretoria do clube de Parque São Jorge anunciou oficialmente a saída do treinador, que chegou em outubro.

A má campanha corintiana no Campeonato Brasileiro foi decisiva, sobretudo com a perda da vaga na próxima Copa Libertadores.  O treinador obteve apenas 37,03% de aproveitamento dos pontos que disputou pelo time, a pior marca entre os quatro treinadores corintianos no ano (antes dele, Tite, Cristóvão Borges e Fábio Carille ocuparam o cargo).

Desde que chegou ao Corinthians, o técnico sempre foi alvo de contestações. Aliás, sua contratação provocou uma briga interna no clube, com a saída de Eduardo Ferreira da diretoria de futebol, fato que irritou bastante o ex-presidente Andrés Sanchez.