Coreia do Norte ameaça anular armistício assinado após guerra

Soldado chora durante parada militar em comemoração ao aniversário de nascimento do líder falecido Kim Jong-Il em Pyongyang, Coreia do Norte

Soldados norte-coreanos (Reuters)
A Coreia do Norte ameaçou nesta terça-feira anular o acordo de cessar-fogo que encerrou a Guerra da Coreia (1950-53) e deu como motivo as movimentações lideradas pelos Estados Unidos para impor novas sanções da ONU ao regime por seu recente teste nuclear.
Em uma nota da agência estatal de notícias KCNA, o exército norte-coreano ameaçou também cortar os laços com a Coreia do Sul na aldeia de Panmunjom, situada na zona fronteiriça entre os dois países e utilizada para manter encontros entre as duas partes.
Em 12 de fevereiro, o regime norte-coreano realizou seu terceiro teste nuclear subterrâneo, após os de 2006 e 2009, que foi reprovado pela comunidade internacional e provavelmente levará à aplicação de novas sanções por parte do Conselho de Segurança da ONU.
Fonte: Veja Online
Extratos dos Jornais

Deixe um comentário