Copa Libertadores: adios, Hermanos!

Desde que passou a ser decidida em jogo único, pela primeira vez a final da Libertadores será no Brasil, e com um clássico nacional de muita história e rivalidade. Santos e Palmeiras eliminaram os dois gigantes argentinos, Boca Juniors e River Plate, e farão, no dia 30 de janeiro, uma final histórica no maior torneio da América do Sul.

Será a terceira final do torneio entre duas equipes brasileiras. Em 2004, São Paulo e Atlético-PR decidiram o título, com vitória do tricolor paulista, e em 2006 o Internacional conquistou seu primeiro título ganhando do mesmo São Paulo.

Em uma Libertadores diferente, com estádios vazios por conta da pandemia, Palmeiras e Santos chegam à decisãocom muitos méritos. O Palmeiras, ainda sob o comando de WanderleyLuxemburgo, fez a melhor campanha da primeira fase e a melhor campanha geral, com 29 pontos. Já o Santos, fez 27 pontos e a segunda melhor campanha.

O Santos busca o quarto título, o que tornaria o maior vencedor da Libertadores entre os brasileiros. OPalmeiras tenta o bicampeonato. Além do troféu, também está em jogo uma premiação de US$ 15 milhões (R$ 80 milhões) para o campeão. O vice levará US$ 6 milhões (R$ 32 milhões).

Deixe um comentário