Convites para festas de Carnaval

Comissão de Ética Pública do governo do Rio recomenda que os servidores não participem de eventos patrocinados ou promovidos por empresas privadas

Palco de apresentação das notas do Carnaval 2012, no Sambódromo do Rio de Janeiro

Palco de apresentação das notas do Carnaval 2012, no Sambódromo do Rio de Janeiro (Fotoarena/Folhapress)
A Comissão de Ética Pública do estado do Rio de Janeiro, instituída pelo governador Sérgio Cabral, criou regras comportamentais para serem cumpridas pelos servidores públicos do poder executivo durante as festas carnavalescas. Os funcionários podem participar dos festejos, desde que por conta própria ou em eventos do governo municipal ou estadual. A comissão recomendou aos servidores evitar situações “que possam suscitar conflitos entre interesse privado e as atribuições de seus cargos”, detalha o Diário Oficial de quarta-feira.
O texto pede que os funcionários públicos guardem “distância social conveniente no trato com fornecedores de materiais ou prestadores de serviços ao estado, abstendo-se de frequentar os mesmos lugares ou aparentar intimidade”. Também fica expressa a recomendação para que os servidores não aceitem convites de empresas privadas – nem de representantes das companhias – para assistir ou participar de shows ou desfiles. A resolução passou a vigorar no dia da publicação.
Fonte: Veja Online
Sites e Blogs

Deixe um comentário