Construção em áreas irregulares

Mesmo sem expectativa de receber o alvará de construção, a cada dia surgem novas obras residenciais nos 508 condomínios irregulares do Distrito Federal. O problema, apontam representantes das comunidades, parte da lentidão do governo em resolver as questões de regularização na região. A edição de terça-feira do Jornal de Brasília mostrou que há quase cinco anos, as questões relativas à regularização  estão paradas. Apenas   cinco condomínios estão legalizados.

Para continuar burlando a lei, os proprietários constroem suas casas à noite e também aos fins de semana, denuncia a secretária de Regularização de Condomínios (Sercond), Regina Amaral. A tentativa – muitas vezes bem-sucedida – é para evitar a fiscalização. “Nós ainda derrubamos muitas casas, mas as pessoas não param. A coisa está desenfreada”, ressalta Regina.
Para Regina Amaral, os síndicos deveriam ajudar na denúncia de novas obras. Porém, somente um, o Alto da Boa Vista, em Sobradinho, entre 390 condomínios de classe média, segue a recomendação.
Fonte: Jornal de Brasília
Sites e Blogs

Deixe um comentário