Congresso tenta fechar votação do Orçamento

Ainda enfrentando a onda de choque nos estados produtores de petróleo com a queda dos vetos presidenciais à lei dos royalties, o governo tenta, amanhã, aprovar no Senado o Orçamento Geral da União para este ano. O texto empacou no Senado, diante da obstrução liderada pelo PSDB.


O líder do PSDB confirmou que o partido pretende recorrer ao Supremo Tribunal Federal (STF) para anular a aprovação do Orçamento, caso o Senado aprove a peça antes de discutir os vetos presidenciais. A atitude surpreendeu o governo, que tinha costurado um acordo na véspera para que o texto fosse aprovado nas duas Casas, na semana passada. O projeto aprovado na Câmara prevê R$ 2,2 trilhões em receitas da União para 2013 e R$ 1,66 trilhão de despesas, incluindo investimentos, custeio e pagamentos da seguridade social. Um total de R$ 610 bilhões foi reservado para o refinanciamento da dívida pública.


Fonte: Correio Braziliense

Extratos dos Jornais

Deixe um comentário