Congresso debate saúde da pessoa com deficiência

De sexta-feira (6) até domingo (8), Brasília sediará o Congresso Internacional sobre Saúde da Pessoa com Deficiência, que reunirá, pela primeira vez, profissionais renomados que atendem esse público. O evento, que tem apoio do GDF, ocorrerá no auditório Planalto do Centro de Convenções Ulysses Guimarães.

 

A proposta do congresso, que será oficialmente aberto sexta-feira, às 19h, é discutir o atendimento interdisciplinar em saúde da pessoa com deficiência, envolvendo medicina, odontologia, fisioterapia, terapia ocupacional, nutrição, psicologia, farmácia, enfermagem, educação física e fonoaudiologia. Ainda serão discutidos outros temas como o acesso à saúde e à inserção social das pessoas com deficiência e, consequentemente, a valorização do trabalho de profissionais que atuam na área.

 

Profissionais da Subsecretaria de Atenção Básica e da Diretoria de Avaliação de Serviços de Saúde, da Secretaria de Saúde do DF, participam do encontro. No sábado (7), às 8h30 a psicóloga da Diretoria de Saúde Ocupacional da pasta, Andrea Chaves, vai falar sobre o tema Gestão comprometida da pessoa com deficiência no trabalho.

 

Os palestrantes e professores convidados apresentarão pesquisas recentes e tratamentos que proporcionam qualidade de vida às pessoas com deficiência e aos seus cuidadores. Segundo dados do Censo Demográfico de 2010, 24% da população brasileira (45 milhões de pessoas) possui algum tipo de deficiência. No levantamento anterior, o percentual era menor: 14%.

 

Além das conferências técnicas, específicas para profissionais da área da Saúde, o congresso oferece programação para a comunidade, que inclui palestras, apresentações artísticas e feira de acessibilidade, com entrada franca, bastando fazer a sua inscrição no site ou no balcão de credenciamento do evento.

 

A programação multidisciplinar tem como destaque a apresentação do médico e professor da Universidade de São Paulo (USP) Zan Mustacchi, referência mundial no diagnóstico da Síndrome de Down. Já o espanhol Júlio Perez Lopes, doutor em psicologia, falará sobre diagnóstico transdisciplinar. Ambas as apresentações serão na parte da tarde, com participação do público.

 

Durante o congresso será realizado, também, o 11° Congresso de Odontologia para Pacientes com Necessidades Especiais e a 25ª Jornada Odontológica de Estudos Sobre Pacientes Especiais. A programação completa pode ser acessada por meio do site www.cispod.com.br.

 

A programação cultural terá a apresentação do grupo de teatro de Joinville “Arte para todos”, desfile do grupo “Fashion Inclusivo” e outras apresentações de artistas locais no palco que será montado na feira de acessibilidade.

Fonte:

Deixe um comentário