Confiança do setor de serviços cai

A confiança do setor de serviços atingiu em julho o menor nível desde junho de 2009, de acordo com dados divulgados hoje (31) pela Fundação Getúlio Vargas. O Índice de Confiança de Serviços teve queda de 6,4% e chegou a 111,7 pontos, próximo aos 110,2 do sexto mês de 2009.

A pesquisa constatou queda em 11 dos 12 segmentos pesquisados e aponta os protestos de julho e incertezas sobre a economia como possíveis causas.

O recuo se deu tanto na percepção do cenário atual quanto na expectativa do setor. O Índice de Situação Atual teve queda de 6,4%, chegando aos 96 pontos, e o Índice de Expectativas teve desempenho semelhante, com retração de 6,5% que o levou a 127,3 pontos.

A porcentagem de empresas que avaliam a situação atual dos serviços como forte passou de 26,7% para 20,4%, enquanto os que acreditam ser fraca subiu de 17,8% para 20,7%.

Já a proporção de empresas que esperam uma situação melhor no futuro caiu de 41,1% para 35%. Por outro lado, a fatia de pessimistas passou de 5,7% para 9,1%.

Vinícius Lisboa
Repórter da Agência Brasil

Fonte:

Deixe um comentário