Concessão de ferrovias terá garantia do governo

Objetivo é afastar dos investidores o temor de um eventual “calote” da estatal Valec nas concessões

Presidente Dilma Roussef durante anúncio do Programa de Concessões de Rodovias, Ferrovias e Trem de Alta Velocidade, em cerimônia no Palácio do Planalto

Presidente Dilma Roussef durante anúncio do Programa de Concessões de Rodovias, Ferrovias e Trem de Alta Velocidade, em cerimônia no Palácio do Planalto (Roberto Stuckert Filho/PR)
O governo prepara novos mecanismos para afastar dos investidores o temor de um eventual “calote” da estatal Valec nas concessões de ferrovias. Os Ministérios dos Transportes e da Fazenda trabalham na construção de uma solução, que deve ser a escolha de um ativo da União a ser dado como garantia dos pagamentos futuros.
O modelo proposto para as concessões ferroviárias prevê que as empresas privadas construirão e farão a manutenção das novas linhas férreas, mas a Valec comprará toda a capacidade de carga. Dessa forma, mesmo na hipótese de a ferrovia ser pouco utilizada, o concessionário faturará como se ela estivesse operando com lotação de 100%.
Ainda assim, o mercado está desconfiado. Os empresários querem garantias de que a estatal terá recursos para pagar a eles ao longo dos 35 anos da concessão.
Fonte: Veja Online
Sites e Blogs

Deixe um comentário