Como reduzir o enjôo na gravidez

Durante o primeiro trimestre de gravidez é muito comum que as gestantes tenham enjoos e vômitos freqüentes. Muitas vezes isso influencia no ganho de peso adequado e até mesmo na qualidade de vida de muitas delas.

O gengibre, que possui diversas propriedades funcionais – por exemplo, aumentando o metabolismo, protegendo as cordas vocais – mostra-se, ainda, efetivo contra enxaquecas. É um excelente anti-inflamatório. De quebra, apresenta, também, a capacidade de diminuir consideravelmente as náuseas sentidas durante a gestação.

Os estudos mostram resultados em até 90% das grávidas.  E o mais importante é que essas pesquisas comprovam que o uso do gengibre é seguro, tanto para a mãe como para o bebê, desde que usado em quantidades que não ultrapassem 5g por dia.

Na verdade, o gengibre pode ser usado em qualquer situação de náuseas, como acontece em indivíduos que estão fazendo quimioterapia. O gengibre pode ser colocado na comida, em chás (infusões), em cristais, associado a frutas nos sucos. Enfim, de diversas maneiras.

O gengibre parece atuar aumentando a motilidade e reduzindo o feedback do trato gastrintestinal para quimioreceptores centrais. A dose de 2g por dia mostrou ser bem tolerada.