Como identificar os alimentos integrais?

Alimentos integrais são definidos como alimentos íntegros e/ou que passaram por pouco ou nenhum processamento. No caso de laticínios, os integrais preservam a gordura do leite. No caso de cereais, os grãos não passam pelo refinamento, mantendo assim em sua estrutura a película, o endosperma e o gérmen. Desse modo, contêm maior teor de fibras e de nutrientes, como vitaminas e minerais.

Os cereais integrais muitas vezes passam pela moagem e geram farinhas com maior teor de fibras. A partir delas são feitos pães, massas, biscoitos e bolos. Pela nossa legislação, para que um alimento seja considerado integral é preciso que o primeiro ingrediente, aquele em maior quantidade, seja integral.

Muitas vezes encontramos biscoitos, pães e outros produtos com a alegação de “integral” mas sem ter essa característica. Nesses casos, a indústria apenas acrescentou farelo de algum cereal para aumentar o teor de fibras, e ele se assemelhar a um integral verdadeiro. Porém, ele não o é.

Na maior parte das vezes, os cereais e seus derivados integrais apresentam alto teor de fibras. Para identificar isso, você pode olhar nas informações nutricionais e verificar o teor de fibras totais e de carboidratos na porção. O ideal é que essa relação seja de pelo menos 10% de fibra em relação ao total de carboidratos.

Fique atento ao rótulo dos alimentos, e se quiser saber mais sobre como identificar um alimento integral verdadeiro, fale com um nutricionista!

Deixe um comentário