Comitê debate Rede de Urgência e Emergência

Comitê Gestor Distrital do Sistema de Atenção às Urgências e Emergências se reuniu, ontem (2), na sede da Secretaria de Saúde (SES), para definir uma rotina de atendimento entre as unidades públicas de saúde por intermédio da “Rede de Urgência e Emergência do DF” (RUE).
“A proposta é definir um padrão para as operações de atendimento às urgências e emergências na região, especialmente em razão da Copa do Mundo de Futebol”, apontou o subsecretário de Gestão Participativa da SES, José Bonifácio Carreira Alvim.
Ele avaliou importante considerar o impacto do fluxo de pacientes das cidades do Entorno na rede pública do DF e sugeriu o estabelecimento de um pacto para melhor gerir as demandas, direcionando as remoções para os hospitais de referência.
INTERLIGAÇÃO – Durante a reunião, a diretora de Assistência às Urgências e Emergências da SES (Diure), Marinice Cabral Moraes, apresentou relatório sobre o funcionamento da rede pública de Saúde do DF e a interligação entre as várias unidades.
“Na próxima reunião, agendada para o dia 4 de dezembro, poderemos conhecer cada órgão envolvido e o que cada um tem a oferecer para o funcionamento da rede”, disse.
Reformulada pelo Ministério da Saúde em todo o País por meio da Portaria nº 1.600, de 07 de julho de 2011, a rede no DF vai abranger todas as regiões administrativas, levando em conta, também, as demandas dos municípios do Entorno.
Além da SES, participam do comitê Corpo de Bombeiros, Defesa Civil, polícias Militar e Civil, Detran e Departamento de Polícia Rodoviária Federal (DPRF/MJ).

Fonte:

Deixe um comentário