Comércio ilegal de suplementos

Série de reportagens do Correio mostrou a venda ilegal de suplementos ilegais, como o OxyElite Pro (Monique Renne/CB/D.A Press)
Série de reportagens do Correio mostrou a venda ilegal de suplementos ilegais, como o OxyElite Pro

Investigadores identificaram a atuação de traficantes de drogas no contrabando de anabolizantes e suplementos proibidos no DF. Depois de várias ações direcionadas a prender os barões da droga, as polícias Federal e Civil perceberam a ambição dos criminosos em também controlar o mercado negro de emagrecedores, estimulantes e anabolizantes.


 Há alguns anos, o comércio clandestino dessas substâncias era combatido superficialmente na capital. Após sucessivas mortes resultantes do uso indiscriminado desses produtos, as delegacias passaram a monitorar de perto quadrilhas especializadas na atividade irregular.


Nos últimos dois anos, 27 pessoas acabaram detidas por transportar ou vender complementos sem registro da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). São os casos do OxyElite Pro, do Jack 3D e do Lipo-6 Black, como denuncia o Correio em série de reportagens.





Fonte: Correio Braziliense

Extratos dos Jornais

Deixe um comentário