comércio foi o ramo que mais admitiu em 2011

O comércio foi a atividade que mais contratou trabalhadores em 2011 no país: 18,9% do total (8,5 milhões de pessoas), seguido das indústrias de transformação (18,2% ou 8,2 milhões de pessoas) e da administração pública (17% ou 7,7 milhões). O item atividades administrativas e o serviços complementares e construção absorveram 9% (4,1 milhões de pessoas) e 6,4% (2,9 milhões), respectivamente.

Os dados fazem parte da pesquisa Estatísticas do Cadastro Central de Empresas 2011 (Cempre), divulgada hoje (24) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE)

Na comparação com 2010, o total de salários e de outras remunerações aumentou 8% e o salário médio mensal, 2,4%, em termos reais, ficando em R$ 1.792,61 (3,3 salários mínimos). O levantamento considerou o valor médio do salário mínimo de R$ 510, em 2010, e de R$ 544, em 2011.

Fonte:

Deixe um comentário