Começa venda da edição dos sobreviventes do Charlie Hebdo

charlie_hebdo_1

A nova edição do jornal francês “Charlie Hebdo” começou a ser vendida nesta quarta-feira (13). Conhecida como “edição dos sobreviventes”, ela foi elaborada por colaboradores do semanário que sobreviveram ao ataque ao jornal na semana passada e que trabalharam na redação do “Libération”.

Desde as primeiras horas do dia, os franceses formaram filas para comprar o exemplar da revista satírica. De acordo com o jornal “Le Figaro”, em algumas bancas os exemplares se esgotaram em aproximadamente 10 minutos.

Por isso, a distribuidora do jornal aumentou a tiragem da edição dos 3 milhões previstos inicialmente para 5 milhões de exemplares.

“Não há mais”, repetiam incessantemente muitos jornaleiros parisienses antes das oito da manhã, provocando a decepção dos clientes.

“Tinha uma fila com entre 60 e 70 pessoas esperando quando abri”, disse a dona de uma banca de jornais de Paris. “Nunca vi algo assim. Vendi 450 exemplares em 15 minutos”.

No entanto, os pontos de venda continuarão recebendo exemplares todos os dias até 19 de janeiro.

 

 

Fonte: , ,

Deixe um comentário