Começa a maratona pelo corpo ideal

MusaA estação mais esperada pelos brasileiros está chegando. A menos de um mês do verão, que inicia em 1º de dezembro, é possível perceber que as pessoas já estão se cuidando mais. Afinal, todo mundo quer ficar com um corpo legal para a estação das roupas mais leves e curtas.

Mas para iniciar atividades físicas ou mesmo aumentar a intensidade delas, é preciso tomar alguns cuidados. O calor aliado à prática de exercícios, por exemplo, faz com que o corpo necessite de mais hidratação. A quantidade de líquido a ser ingerida depende de fatores como a duração do exercício, a intensidade, a modalidade, a temperatura, o ambiente, entre outras variantes.

De acordo com Myrna Campagnoli, endocrinologista do laboratório Pasteur, para indivíduos que não são atletas e que praticam exercícios de até 45 minutos de duração a hidratação somente com água pode ser suficiente. “Precisamos esclarecer que os isotônicos são bebidas que possuem a composição aproximada à do suor, ou seja, mantêm o equilíbrio entre água e sais minerais. Todavia, estas bebidas podem ter na composição corantes, aromatizantes, além de calorias”, explica.

A médica destaca que a água de coco, especialmente in natura, é uma boa opção para reidratar, pois é rica em vitaminas, fibras e minerais, além de apresentar um valor calórico reduzido. “Além de ser natural, já é suficientemente adocicada e pode ser consumida em quantidades um pouco maiores do que o isotônico. Vale lembrar que os principais sais minerais encontrados nesta bebida são o sódio e o potássio, mas ela também contém cálcio, magnésio, manganês, ferro, zinco e cobre. A quantidade de sódio equivale a apenas 6% da necessidade diária. Portanto, o seu consumo em quantidades moderadas é saudável e não representa um risco para a saúde”, comenta.

Para os esportistas de plantão ou aqueles que estão começando a se exercitar, a endocrinologista ressalta que, para aqueles que praticam atividade física leve e moderada, a reposição com água de coco ou simplesmente com água é uma ótima opção. Se optar por utilizar a água de coco, apesar do seu baixo valor calórico, a ingestão deve ser moderada e, assim como os isotônicos, não pode ultrapassar de 150 a 200 ml para cada 20 minutos de exercícios.

“Para os atletas de alta performance, em provas longas (com duração acima de 3 horas) é indicada a reposição com isotônicos intercalados com água, no volume de 400 ml a 800 ml por hora, dependendo de fatores individuais (sexo, idade, peso corporal, dentre outros). A água de coco também pode contribuir para a hidratação, pois é um isotônico natural”, esclarece a especialista.

Dra. Myrna lembra, ainda, que o consumo de água de coco ou isotônico tem como única função a hidratação e reposição das perdas calóricas. Não existe nenhuma correlação com aumento do desempenho físico, ou seja, de fornecer mais energia. “Por isso, o consumo deve ser sempre moderado e compatível com o nível de atividade física e das perdas calóricas”, finaliza.

 

Fonte:

Deixe um comentário