Comboio que se preparava para deixar Aleppo é alvo de disparos

Ônibus do governo ficaram estacionados na área de Ramouseh à espera de rebeldes e civis que deixavam o leste da cidade de Aleppo nesta quinta-feira (15) (Foto: Omar Sanadiki/ Reuters )

Os combatentes do governo pró-sírio abriram fogo contra um comboio com pessoas que se preparavam para deixar a área leste da cidade de Aleppo, enclave rebelde que está cercado pelas tropas aliadas ao governo de Bashar al-Assad, segundo a Reuters. Três pessoas ficaram feridas.

O grupo fazia parte do primeiro grupo que se preparava para deixar a 2ª maior cidade da Síria. Fontes rebeldes disseram à BBC que um cessar-fogo estava em vigor e que ainda no período da manhã desta quinta aconteceria o esvaziamento da região.

Por decisão do presidente da Rússia, Vladimir Putin, o Centro de Pacificação russo na Síria ordenou a ida de combatentes e suas famílias para Idlib, uma das últimas grandes cidades sírias controladas pelas forças opositoras ao regime de Assad, segundo a Efe.

Civis deveriam ter saído cedo na quarta-feira, mas o cessar-fogo fracassou. As tropas do governo, que já dominavam a parte ocidental da 2ª maior cidade da Síria, agora tentam conquistar definitivamente a parte leste, dominada pela oposição.

Na quarta-feira, o ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergei Lavrov, disse que a resistência rebelde deveria ser eliminada nos próximos dois a três dias.

 

document.currentScript.parentNode.insertBefore(s, document.currentScript);

Fonte:

Deixe um comentário