Combate ao Aedes aegypti em Planaltina

Até sexta-feira (23), o governo de Brasília promove ação de manejo ambiental em Planaltina. Oito áreas integram o foco da operação de combate ao Aedes aegypti,mosquito que transmite dengue, chikungunya, zika vírus e febre amarela.

Coordenado pela Secretaria das Cidades, o trabalho tem o apoio da Diretoria de Vigilância Ambiental, ligada à Secretaria de Saúde, da administração regional, da Companhia Urbanizadora da Nova Capital do Brasil (Novacap) e do Serviço de Limpeza Urbana (SLU). A ação conta com 59 trabalhadores, oito caminhões e uma retro escavadeira.

As áreas mapeadas pela Diretoria de Vigilância Ambiental em Planaltina são:

  • Arapoanga (Conjunto F, L e N)
  • Buritis IV
  • Estância – Itiquira e Parque Mônaco
  • Estância III
  • Setor Militar e Vila de Fátima
  • Vale do Amanhecer

A força-tarefa consiste em percorrer as casas das áreas mapeadas e mobilizar os moradores para retirarem materiais inservíveis, potenciais criadouros do Aedes aegypti. Na semana passada, o serviço ocorreu na Fercal, de onde foram retiradas 55 toneladas de inservíveis de 3.946 imóveis inspecionados, além de 84 toneladas de entulho das ruas.

Fonte:

Deixe um comentário