Cobrança por bagagem em voo nacional começa nesta quinta

Limite de peso das bagagens para voos internacional baixou de 32 kg para 23 kg. Foto: José Cruz/Agência Brasil

Começa nesta quinta-feira (1º) a cobrança de taxa pela bagagem em voo nacional. A primeira companhia a aderir à nova medida autorizada pela Anac é a Azul. A medida vale para passageiros que comprarem o bilhete a partir desta quinta-feira. A Latam, por sua vez, já reduziu os limites de malas em voos internacionais.

A cobrança nos voos da Azul será para os passageiros que comprarem bilhete na categoria mais barata – que foi também foi criada hoje. Nesta classe, chamada de Azul, o passageiro não terá direito ao transporte de bagegem, somente a mala de mão de até 10 kg. Caso decidam levar uma mala de até 23 kg no porão do avião, o valor adicional cobrado será de R$ 30.

Além da taxa da mala, a Azul anunciou também a redução do limite máximo de peso das malas nos voos para Estados Unidos e Europa. O limite agora é de 23 kg por pessoa. Pelas regras antigas da Anac, as empresas eram obrigadas a aceitar duas malas de até 32 kg por passageiro. A Latam também aderiu à esta alteração.

Deixe um comentário