Chuva também traz problema

 

alaga
Carro fica preso sob viaduto alagado na 215 Sul, em Brasília (Foto: Alexandre Bastos/G1)

As poucas chuvas que caíram depois do longo período de seca no Distrito Federal já mostraram aos brasilienses que os conhecidos problemas com as águas estão de volta. Tesourinhas, garagens, escolas, casas, redes pluviais foram alagadas.  A primeira chuva que marcou o fim da seca aconteceu no último dia 20 de setembro.

A principal região afetada é a área central de Brasília. Tesourinhas alagam constantemente e garagens de prédios empresariais e residenciais são tomadas pelas trombas d’água. Procurada pelo Brasília Capital, a Novacap (Companhia Urbanizadora da Nova Capital do Brasil) informou que os trabalhos, para que os prejuízos causados pela chuva sejam os mínimos possíveis, já foram iniciados.      

“Realizamos uma ação preventiva nas quadras do Plano Piloto, agora vamos realizar nas tesourinhas. As equipes da Novacap realizam um trabalho constante de desobstrução das bocas de lobo em todo o Distrito Federal e a ação que estamos iniciando é um esforço concentrado visando os pontos mais críticos de alagamentos no DF”, pontuou o diretor-presidente da Novacap, Júlio Menegotto.

De acordo com a Novacap, desde o dia 12 de setembro ações de limpeza das bocas de lobos das tesourinhas das asas Norte e Sul estão sendo feitas.  A companhia informou também que já realizou, entre os meses de junho, julho e agosto, a limpeza de 8,5 mil bocas de lobo e a manutenção de 8,5 mil metros de rede de drenagem pluvial de todas as quadras do Plano Piloto.

Caso haja necessidade, os moradores podem informar à Novacap que determinadas regiões ainda precisam de limpeza. O ato pode ser feito pela Ouvidoria da Companhia ou na administração das regiões administrativas que necessitem de atenção especial. As manifestações podem ser feitas pelo site www.novacap.df.gov.br, na aba de ouvidoria/canais de atendimento, e pelo telefone 162.

Fonte:

Deixe um comentário