Chipre derruba bolsas de valores

As bolsas de valores e o euro caem nesta segunda-feira (18) em razão da taxa sobre depósitos no Chipre, medida tomada como condição ao resgate financeiro de € 10 bilhões pela União Europeia.
Apesar das contas do país representarem apenas 0,2% do total acumulado pelos 17 países União Europeia que usam o euro, o imposto sobre depósitos representa uma grande mudança nas regras para resgate financeiro. Existe agora o temor de que a corrida aos bancos vista no último final de semana aconteça também em outras economias europeias cambaleantes. Praticamente todas os caixas eletrônicos da ilha localizada no Mediterrâneo estão vazios.
As poupanças ficaram intocadas desde o início da crise da dívida da Europa, em 2009. Mas o resgate de Chipre prevê uma taxa de 6,75% sobre os depósitos inferiores a € 100.000 e de até 9,9% em valores superiores.
Para entrar em vigor, a medida tem de receber apoio do Parlamento. Políticos classificaram o acordo como golpe injusto para os pequenos poupadores, já que os depósitos dentro da zona do euro têm sido garantidos até € 100.000. A votação foi adiada para terça-feira, segundo o presidente do Parlamento, enquanto se discutem possíveis alterações às taxas de impostos.
Fonte: IG Notícias
Sites e Blogs

Deixe um comentário