Ceilândia receberá novo terminal de ônibus

O contrato para construção de um novo terminal rodoviário na QNR em Ceilândia foi assinado na segunda-feira (11) pelo governador em exercício, Tadeu Filippelli, e atenderá 113 ônibus que passam diariamente no local. As obras, orçadas em R$ 3,2 milhões, têm previsão para começar na próxima semana e ser concluídas em até oito meses.
O projeto prevê mais de 2 mil metros quadrados de construção, com 12 boxes para ônibus na plataforma, e outros 35 na área de estocagem, além de dois banheiros públicos com acessibilidade, uma lanchonete e local para guardar bicicletas.

“Essa obra dará mais dignidade aos rodoviários e passageiros que frequentam o atual ponto de ônibus. Esse é o primeiro de uma série de nove terminais que estaremos lançando no DF”, declarou Filippelli.

Segundo o secretário de Transportes, José Walter Vazquez, a expectativa é que as obras em Ceilândia comecem logo após o feriado de 15 de novembro: “Acredito que em menos de oito meses a empresa terá capacidade para entregar um terminal novo que oferecerá à população uma qualidade de vida melhor”, garantiu.

Morador há 20 anos na QNR de Ceilândia, Jonas Pereira, de 62 anos, acredita que o terminal novo melhorará o transporte dos passageiros: “Agora esperamos o mínimo de conforto. Essa obra nos foi prometida há anos”, comentou.

TERMINAIS – Mais oito novos terminais rodoviários serão construídos, a partir deste ano, no Gama, Sobradinho II, Recanto das Emas, Samambaia Norte e Sul, Riacho Fundo II e em Santa Maria, com recursos estimados em R$ 33 milhões.

“Essa é uma grande vitória para a população, como também para os rodoviários, e faz parte do programa de melhora da mobilidade urbana do DF, que inclui a substituição de toda a frota de ônibus até o final de dezembro. Hoje temos 540 novos coletivos, (número) que saltará para 3 mil”, informou Filippelli.

Os editais de licitação ficaram por mais de um ano sob a análise do Tribunal de Contas do Distrito Federal (TCDF), e, apenas no segundo semestre deste ano, foram liberados para ter continuidade nas contratações.

REFORMAS – Além disso, o GDF também iniciará a reforma de 12 rodoviárias, localizadas em Ceilândia (P Sul), Guará I e II, Núcleo Bandeirante, Taguatinga Norte, Paranoá, Taguatinga Sul, Planaltina, Cruzeiro, Gama, Sobradinho e Brazlândia.

A reforma contempla a ampliação e adequação das coberturas, revestimentos na edificação e infraestruturas hidráulica, elétrica e de comunicação, além de aspectos paisagísticos, o que totalizará um investimento de aproximadamente R$ 18,5 milhões.

Fonte:

Deixe um comentário