Ceilandense Ketleyn Quadros disputará o Mundial de judô

Projeto Atleta/Divulgação
Projeto Atleta/Divulgação

No dia 25 deste mês, começa o Mundial de judô, em Tóquio. A ceilandense Ketleyn Quadros, que luta na categoria meio-médio (-63kg), é uma das esperanças de medalha para o Brasil. Atleta da SOGIPA, de Porto Alegre, ela vai para a sua sétima participação na competição.
“Venho treinando forte, e não tem como ser diferente nesse momento. Meu foco no momento é a melhora diária de cada treino”, disse.

Ketleyn é um dos nomes mais importantes da história do judô brasileiro. Em 2008, ela se tornou a primeira mulher a conquistar uma medalha olímpica para o país em esportes individuais. Naquele ano, a atleta foi terceira colocada em Pequim.   

Neste ano, Ketleyn subiu ao pódio duas vezes em competições válidas pelo circuito mundial, que conta pontos para a Olimpíada de 2020: ela conquistou a medalha de prata no Grand Prix de Budapeste, na Hungria, e uma de bronze no Aberto de Oberwart, na Áustria.

Deixe um comentário