Caso Mércia: júri de Mizael começa nesta segunda-feira

Ex-PM é acusado de homicídio triplamente qualificado da advogada; Ministério Público quer que o réu seja condenado a pelo menos 20 anos de prisão

Jean-Philip Struck
O advogado e ex-policial militar Mizael Bispo de Souza, acusado de matar a ex-namorada Mércia Nakashima

O advogado e ex-policial militar Mizael Bispo de Souza, acusado de matar a ex-namorada Mércia Nakashima (Rodrigo Coca/Fotoarena)
Quase três anos após o desaparecimento e o brutal assassinato da advogada Mércia Nakashima, começa nesta segunda-feira em Guarulhos (SP) o júri do principal suspeito pelo crime, o policial militar reformado e advogado Mizael Bispo de Souza, de 43 anos. Pela primeira vez, a Justiça paulista autorizou a transmissão ao vivo de um júri por emissoras de rádio e televisão.
O Ministério Público afirma estar confiante na condenação de Mizael, que atualmente está preso no presídio militar Romão Gomes. O ex-PM é acusado por homicídio triplamente qualificado, motivo torpe, com emprego de meio cruel e mediante recurso que dificultou a defesa da vítima. Para o Ministério Público, o réu matou a namorada por ciúmes. 
Fonte: Veja Online
Sites e Blogs

Deixe um comentário