Cartão Material Escolar é comercializado ilegalmente no DF

O Cartão Material Escolar, disponibilizado aos pais a partir da última terça-feira (30 de abril) pelo GDF está sendo comercializado ilegalmente através das redes sociais. Mais de 64 mil estudantes terão acesso ao benefício e 45 dias para utilizá-lo.

O secretário Rafael Parente pediu, no Twitter, que as pessoas denunciem à Secretaria de Educação casos de venda do crédito. O governador Ibaneis Rocha (MDB) também demonstrou indignação pela situação e postou em seu Facebook.

Deixe um comentário