Capacidade funcional em idosos

A população idosa é mais propensa à perda acelerada de massa muscular, a chamada sarcopenia. A sarcopenia é complicada pela associação da inatividade física e alimentação inadequada, que muitas vezes acompanha o processo de envelhecimento. Essa condição está intimamente associada à redução da capacidade funcional dos idosos, além de aumentar o risco de morbidades e de mortalidade.

Combinada ao desafio da sarcopenia, a obesidade entre os idosos também vem aumentando, acompanhando a tendência global. Em casos de indivíduos idosos com excesso de peso corporal, mas que sofrem com a perda de massa muscular e suas consequências, o nome dado ao processo é obesidade sarcopênica, o que engloba problemas de saúde que se sobrepõem, associando a fragilidade, capacidade funcional reduzida, inflamação e síndrome metabólica, caracterizada pela presença de diabetes e fatores de risco para doenças cardiovasculares.

A nutrição adequada associada à prática regular de atividade física é o melhor caminho para a prevenção e redução dos efeitos deletérios dessas condições que estão cada vez mais comuns entre a população idosa.

 

Deixe um comentário