Campos e Dilma se aproximam do movimento sindical

Governador de Pernambuco se reúne com Força Sindical; presidente promove encontros com centrais seguindo conselho de Lula

O governador de Pernambuco, Eduardo Campos

O governador de Pernambuco, Eduardo Campos. Político do PSB tem buscado aproximação com centrais sindicais(Gustavo Miranda/Agência O Globo)
O governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB), inicia nesta semana uma maratona para se aproximar do movimento sindical. A distância entre seu partido e as centrais sindicais é considerada pelas lideranças do PSB como uma das principais deficiências para consolidar o nome do governador como figura nacional – e também como um possível candidato na corrida presidencial.
Nesta segunda-feira, no Recife, o governador deve receber a direção nacional da Força Sindical, segunda maior central do país. Oficialmente, a pauta prevê uma conversa sobre a batalha que está sendo travada entre o governo Dilma Rousseff e os trabalhadores do setor portuário, representados principalmente pela Força. Mais do que discutir portos, porém, o encontro é uma tentativa de início de uma relação política.
Fonte: Veja Online
Extratos dos Jornais

Deixe um comentário