Campeonato Carioca: respeitem os vovôs

Botafogo e Fluminense, os clubes mais antigos inscritos na Federação, só aceitam jogar a partir de julho. Foto: Divulgação/Netflu

O Campeonato Carioca foi a primeira competição a ser reiniciada é no Brasil após a suspensão dos jogos devido à pandemia do novo coronavírus. Flamengo e Bangu se enfrentaram quinta-feira (18), no Maracanã (vitória do rubro-negro por 3 a 0), apenas 15 dias após o dia com maior número de mortes no Rio de Janeiro.

O Flamengo havia voltado a treinar em seu CT antes da autorização das autoridades e pressionou a FERJ para que a competição recomeçasse o quanto antes. O rubro-negro propõe que isto seja feito seguindo protocolos de saúde. O Vasco e os clubes pequenos concordaram.

Futebol e mortes – Botafogo e Fluminense, os clubes mais antigos inscritos na Federação, já anunciaram que não entrarão em campo na segunda-feira (22). Ambos retornaram aos treinos na sexta-feira (19) e só aceitam jogar a partir de julho.

Mas a união dos “vovôs” foi insuficiente. Na semana em que completou 70 anos, o Maracanã recebeu o primeiro jogo desde a suspensão do Campeonato. Flamengo e Bangu disputaram 3 pontos na Taça Rio enquanto ao lado do estádio vazio um hospital de campanha estava lotado de pessoas lutando pela vida – duas foram a óbito, ali, na última semana.

O estadual, que há muitos anos é tachado de esvaziado, torna-se agora um adversário das recomendações sanitárias de isolamento social para evitar a propagação da covid-19. Sem a presença de público e sem transmissãopela TV.

Pelo mundo – Após a redução do número de novos casos de covid-19, Espanha, Itália e Inglaterra retomaram seus campeonatosnacionais seguindo protocolos de segurança e sem público nos estádios. Os campeonatosespanhol e inglês esperaram 69 dias após o pico da doença para retornarem, enquanto o italiano retomou seus jogos 76 dias depois do pico da pandemia no país.

Candangão

Real Brasília inicia testagem de atletas

O Real Brasília foi o segundo time do Distrito Federal a reapresentar os exames. Foto: Ricardo Botelho

O Real Brasília foi o segundo time do Distrito Federal, após o Brasiliense, a se reapresentar para realizar exames em seus atletas. Na quarta-feira (17), os primeiros testes foram feitos em membros da diretoria, comissão técnica e alguns jogadores que estão alojados no Centro de Treinamentos do clube.

Já classificado para a próxima fase para enfrentar o Capital, o Leão do Planalto terá que entrar em campo antes para uma partida pendente da fase de grupos, contra o Gama. O jogo poderá mudar o caminho do alviverde, que em caso de derrota perderá a liderança para o Brasiliense. (GP)

Deixe um comentário