Campanha do SLU promove limpeza durante o carnaval

A preocupação em garantir a limpeza durante a folia de carnaval será, mais uma vez, reconhecida pelo Serviço de Limpeza Urbana (SLU). Com a campanha Bloco Brasília Limpa, os blocos que se empenharem receberão certificados. A iniciativa visa valorizar o esforço tanto de organizadores quanto de foliões.

“O objetivo é incentivar que a brincadeira seja acompanhada de uma ação bacana de cidadania e de sustentabilidade e, com isso, fornecer um material de boa qualidade que vai diretamente para as associações de catadores”, destaca a diretora-presidente do SLU, Kátia Campos.

A iniciativa é válida para os dias de pré-carnaval e nos oficiais. Para este ano, a estimativa de público nos 208 eventos carnavalescos programados no mês é de 2 milhões de pessoas. Em 2015, foram 370 mil foliões; em 2016, 1 milhão.

Como participar da campanha Bloco Brasília Limpa

São oito critérios, que serão avaliados por servidores do governo de Brasília, com base em contribuições de cidadãos, garis e supervisores do SLU.

Os organizadores dos blocos precisam optar pela autogestão dos resíduos (quando se responsabilizam pela limpeza e dispensam o trabalho da autarquia) ou respeitar o prazo mínimo de cinco dias úteis de antecedência para solicitar os serviços ao SLU. Para isso, devem preencher os formulários disponíveis na internet e enviar para o e-mail [email protected].

É preciso estar atento aos horários e às rotas propostas. Além disso, o SLU pede que seja informado quando houver aumento do público em relação ao inicialmente previsto.

 

 
CAMPANHA BRASÍLIA LIMPA PROPÕE UNIÃO PARA CRIAR UMA CIDADE SUSTENTÁVEL

Os foliões podem ajudar os blocos colaborando com a limpeza durante os eventos e indicando os mais limpos por meio de postagens no Instagram com a hashtag #blocobrasilialimpa, seguida de outra com o nome do bloco.

Também estão entre os critérios a disponibilização de lixeiras, a divulgação de orientações nas redes sociais e de mensagens educativas durante os eventos e a situação de limpeza dos espaços após a passagem dos blocos.

O envio de informações, fotos e vídeos deve ser feito até 7 de março, por e-mail ([email protected]) ou por telefone — (61) 99373-9024.

} else {

Fonte:

Deixe um comentário