Caminhão-baú levará artesanato do DF para todo país

No Dia Internacional do Artesanato, comemorado ontem (19), os artesãos do DF receberam o primeiro caminhão-baú para transportar seus trabalhos para eventos de comercialização em todo o país. Mais 26 veículos, com capacidade para suportar até 11 toneladas, serão entregues pelo governo federal às outras unidades da Federação, que também receberam simbolicamente as chaves dos caminhões em solenidade realizada na Torre de Televisão, em Brasília.

 

“Hoje é um dia muito especial, porque festejamos o dia desses importantes trabalhadores. É uma honra e satisfação o DF ser o primeiro a receber esse veículo, benefício que estimulará nosso artesanato local, segmento que gera emprego e renda a milhares de cidadãos. Um presente como esse mostra a dedicação do governo com essa classe”, afirmou o governador Agnelo Queiroz, que fez questão de ser o primeiro a ligar o novo equipamento.

 

As chaves simbólicas foram entregues aos representantes dos estados, que receberão oficialmente os veículos de acordo com cronograma ainda em elaboração. O ministro da Secretaria Nacional da Micro e Pequena Empresa, Guilherme Afif Domingos, não escondeu sua satisfação em conduzir a solenidade que, segundo ele, foi realizada no dia de São José, um dos maiores carpinteiros da nossa história. “O artesanato brasileiro é um dos mais procurados do mundo, por isso a necessidade de facilitar essa divulgação”, informou o ministro.

 

Atualmente, o DF possui cerca de 15 mil artesãos, mão de obra responsável por gerar, em 2013, aproximadamente R$ 600 mil de renda. “Essa é uma grande conquista para nós, mesmo porque somente no ano passado foram realizadas uma média de seis feiras de artesanato por semana. Com esse caminhão, vamos ajudar ainda mais esses profissionais que vivem de sua arte”, ressaltou o secretário de Trabalho, Renato Andrade dos Santos.

 

OPORTUNIDADE – Artesãos brasilienses e de outras partes do país podem se inscrever até o dia 6 de abril, para participar de exposições e estandes de vendas de artesanato brasileiro durante a Copa do Mundo. A exigência é que os candidatos estejam inscritos no Sistema de Informações Cadastrais do Artesanato Brasileiro, coordenado pelo Programa do Artesanato Brasileiro.

 

INCENTIVO – O programa “Agora Eu Tô Legal”, da Secretaria da Micro e Pequena Empresa, disponibiliza crédito orientado, juros reduzidos e serviços de cartão de crédito, para o desenvolvimento de programas de fomento como o Prospera-DF, programa de microcrédito cujo objetivo é fortalecer os empreendimentos de baixa renda dos setores populares, informais e formais das áreas urbanas e rurais e proporcionar geração de renda.

Fonte:

Deixe um comentário