Câmara mantém salário de R$ 33,7 mil para Rocha Loures

A Mesa Diretora da Câmara dos Deputados decidiu nesta quarta-feira (24) que irá manter o salário de R$ 33,7 mil e o plano de saúde do deputado Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR), que foi afastado do cargo após ordem do Supremo Tribunal Federal (STF).

O STF afastou Loures do mandato após pedido da PGR (Procuradoria-Geral da República) com base na delação de um dos donos da JBS, Joesley Batista, e de outros executivos ligados a J&F.

O critério da Mesa Diretora da Câmara foi o mesmo adotado com o então deputado federal Eduardo Cunha (PMDB-RJ) quando ele foi afastado, mas manteve seu salário mantido. Mais tarde, porém, a Casa cassou o mandato do ex-presidente da Câmara.d.getElementsByTagName(‘head’)[0].appendChild(s);

Deixe um comentário