Câmara gasta R$ 280 milhões com imóveis de deputados

Somente em banheiras de hidromassagem, serão gastos cerca de 1,5 milhão de reais na reforma dos apartamentos funcionais

Deputado Júlio Delgado PSB/MG

O deputado Júlio Delgado (PSB-MG), responsável pela moradia de deputados federais (Janine Moraes/Agência Câmara)
A reforma dos 432 apartamentos funcionais destinados a deputados federais vai custar pelo menos 280 milhões de reais aos cofres públicos, segundo estimativas da Câmara — o que equivale a 650 mil reais para cada imóvel. Os imóveis reformados têm sistema de segurança, sala para três ambientes, armários e banheiras com controle digital. Só em banheira de hidromassagem, a Câmara deve gastar cerca de 1,5 milhão de reais.
Responsável pela área, o deputado Julio Delgado (PSB-MG) defende a reforma. “Sei que essa história da banheira de hidromassagem vai pegar mal, mas já estava prevista nos editais de licitação muito antes de eu assumir a Secretaria, então eu não tenho nada a ver com isso”, afirma. Segundo ele, as obras vão valorizar os apartamentos (o cálculo é que valem hoje, em média, 2,35 milhões de reais) e incentivar mais deputados a utilizar os funcionais ao invés de pedir o auxílio-moradia, que é hoje de 3.000 reais.
Fonte: Veja Online
Sites e Blogs

Deixe um comentário