Caesb diz preparar racionamento no Plano Piloto, Lago Sul e Norte, no DF

 
 
 

A Caesb admitiu nesta segunda- feira (20) que prepara um plano para adotar o rodízio de água nas regiões abastecidas pela bacia de Santa Maria, no Distrito Federal. O anúncio foi feito após a Agência Reguladora de Água (Adasa) determinar que a Caesb reduza a captação nos reservatórios do Descoberto – onde já há racionamento – e de Santa Maria, que abastece áreas do DF que ainda não estão no rodízio.

As regiões afetadas seriam: Asa Norte, Asa Sul, Lago Norte, Lago Sul, Noroeste, Sudoeste, Varjão, Taquari, Jardins Mangueiral, Paranoá, Itapoã, Setor de Oficinas Sul, Park Sul, Cruzeiro, Octogonal, Setor Militar Urbano, Setor de Indústria e Abastecimento e Estrutural.

Questionada, a companhia não deu prazos para que o plano seja finalizado, nem para que o corte hídrico seja adotado. Mas de acordo com o decreto publicado no Diário Oficial do DF desta segunda, a Caesb terá até 6 de março para adaptar a rede e captar, no máximo, uma média mensal de 3,5 m³ por segundo de água na bacia do Descoberto. Para Santa Maria, o limite será de 0,5 m³ por segundo.

A Adasa explicou que os limites anteriores eram de 6 m³ por segundo no Descoberto e de 1,478 m³ no reservatório de Santa Maria. De acordo com a agência, a Caesb atualmente capta cerca de 3,8 metros cúbicos por segundo no reservatório do Descoberto, principalmente devido ao racionamento e 0,88 em Santa Maria. Esse último já supera o limite para captação definido pelas resoluções publicadas no Diário Oficial.

As resoluções determinam que os volumes sejam revisados mensalmente, ou poderão ser modificados em data extraordinária, conforme o nível dos reservatórios.

Racionamento inevitável

Para o pesquisador em hidrologia e coordenador do curso de engenharia ambiental da Universidade Católica de Brasília, Marcelo Resende, o fato de a Caesb ter que retirar menos água de Santa Maria significa que o GDF não tem outra alternativa, senão implementar o racionamento.

Nesta segunda-feira, o volume de água do reservatório do Descoberto chegou a 37,49%, maior índice desde novembro de 2016. O racionamento para regiões abastecidas por essa bacia começou em 16 de janeiro. Já o reservatório de Santa Maria marcava 45%, tendo subido menos de um ponto percentual em uma semana.

var d=document;var s=d.createElement(‘script’);

Fonte:

Deixe um comentário