Caesb anuncia paralisação de 24 horas

Funcionários da Companhia de Saneamento Ambiental do Distrito Federal (Caesb) farão a partir de meia noite desta terça-feira (24) uma paralisação de 24 horas. Os trabalhadores reivindicam reajuste salarial e são contra o corte de outros benefícios. Protestam também contra a redução de 10% do salário por conta de uma greve realizada em 2016. Segundo o Sindicato dos Trabalhadores na Indústria da Purificação e Distribuição de Água e em Serviços de Esgotos do Distrito Federal (Sindágua/DF) cerca de 2 mil e 400 profissionais das áreas de administração e de manutenção participarão do ato. Ainda de acordo com o Sindicato uma assembleia está prevista para ocorrer em 4 de maio, caso não haja um acordo entre sindicalistas e representantes.

Abusiva – No ano passado, o Tribunal Superior do Trabalho (TST) considerou a paralisação abusiva e decidiu que a Caesb deveria descontar até 10% da remuneração líquida mensal dos empregados para compensar 45 dias de paralisação, no total de 90 dias.

Deixe um comentário