BRT terá integração com metrô e ônibus

Quando estiver totalmente implantado, no primeiro semestre de 2014, o Expresso DF permitirá a integração com outros modais de transporte, como o metrô e ônibus, para que o passageiro pague uma única passagem mesmo que precise fazer mais de uma viagem no mesmo trecho.

Para sair de dentro de uma das cidades atendidas pelo BRT, o passageiro deverá pegar uma das linhas alimentadoras e descer nos terminais de embarque- Gama (TGM) e Santa Maria (TSM), de onde sairão as linhas principais em direção ao Plano Piloto (expressas ou paradoras).

A integração ocorrerá nos terminais ou em qualquer uma das 15 estações fechadas, com pagamento antecipado da tarifa, seja no primeiro ônibus ou em bilheterias desses locais, sempre com o uso de cartão para embarque.

Os terminais do Gama e de Santa Maria servirão de ponto de integração apenas das linhas alimentadoras com as troncais, mas ao chegar na estação Asa Sul ou na Rodoviária do Plano Piloto, o passageiro poderá fazer também a integração com metrô e com outros ônibus normais.

A previsão é que haja cinco linhas alimentadoras no Gama, outras cinco em Santa Maria e mais três que funcionariam como circular entre essas duas cidades.

Ao desembarcar na estação Park Way, que ficará na EPIA Sul, próximo ao Núcleo Bandeirante, o usuário do BRT contará ainda com duas linhas alimentadoras que percorrerão o Park Way.

As estações mais próximas ao Plano Piloto, como as que ficarão na Candangolândia, também contarão com linhas que ligam a cidades como Cruzeiro e Guará e os passageiros pagarão, ao fim, uma única passagem se fizer mais de uma viagem no mesmo sentido.

Fonte:

Deixe um comentário