Brigas marcam último dia de carnaval no DF; vídeo

 
 
 
Sequência de fotos mostra homem sendo atingido com facada
Rapaz atingido por facada no pescoço é atendido pelos bombeiros

O último dia de carnaval em Brasília foi marcado por imagens de brigas nos blocos Raparigueiros e Baratona, no Eixão Sul. Registros feitos por foliões, mostram o momento da confusão na noite desta terça-feira (28).

O registro mostra vários homens brigando enquanto outros foliões se afastam. Em seguida, policiais militares chegam com golpes de cassetete e spray de pimenta para dispersar a confusão. As imagens também mostram uma cadeirante sendo socorrida por amigos. Veja o vídeo abaixo: 

https://www.youtube.com/watch?v=SLfPB2GX9vg

Em seguida, um homem de colete verde e gorro é agarrado e leva golpes de cacetete dos policiais. No registro, também é possível ver dois grandes grupos de homens se enfrentando no meio do bloco. Um homem e uma mulher levam um chute e outros arremessam garrafas para cima.

Imagens divulgadas pela Polícia Militar mostram facas e garrafas de vidro apreendidas nos blocos durante a tarde e o início da noite. Na noite de domingo, após às 23h, o Hospital de Base recebeu dez pacientes esfaqueados.

 

 

Segundo a SSP, dois passaram por cirurgia de grande porte, continuam internados na unidade e apresentam estado de saúde estável, sem previsão de alta. Os outros oito foram atendidos, medicados, fizeram pequenos procedimentos e já foram liberados.

Festa em paz

Nos demais eventos que ocorreram pela cidade não houve registro de tumultos. A folia teve início com o bloco Os Primeiros, no Sesc do Guará, além de festa no Parque da Cidade e do tradicional Pacotão. Mais cedo, o Calango Careta saiu na 408/409 Norte.

Segundo a Secretaria da Segurança Pública e da Paz Social, os blocos Raparigueiros, Baratona e Baratinha, Pacotão, Meninos de Ceilândia e Essa Boquinha Eu Já Beijei são foram as principais atrações. Juntos, eles concentraram, até 17h30, um público de aproximadamente 26 mil pessoas.

Balanço da segurança

Somente nesta terça (28), até às 16h, a Polícia Civil registrou 500 ocorrências. A maior parte relacionada a furtos (263), como o de celulares (36). Além disso, houve 54 roubos a pedestres e 23 casos de lesão corporal dolosa.

Já o Detran registrou, até o início da noite, 79 infrações de trânsito: 46 por falta de cinto de segurança, 12 por estacionamento irregular e 21 por motivos diversos. Os agentes recolheram 77 veículos ao depósito por estarem em “situação irregular”.