Brasília supera o Brasiliense por 3 x 1 e fica perto do título da Taça JK

O Brasília tentou manter o discurso de que não era favorito ao título da Taça JK, o primeiro turno do Candangão. Porém, a vitória conquistada hoje sobre o Brasiliense na primeira partida da decisão, por 3 x 1, coloca de vez o Colorado como o mais provável campeão do turno. Com a vantagem por ter a melhor campanha na primeira fase, o Brasília pode perder até por dois gols de diferença que fica com a taça. As duas equipes voltam a se enfrentar no próximo domingo.

A vitória começou a ser construída já aos oito minutos do primeiro tempo. Depois de um avanço sem marcação pela lateral, Bruno Paraíba cruzou na medida para o atacante Giba cabecear forte para as redes. Embora o Brasiliense não tenha ficado abalado com o gol do rival, os ânimos esquentaram quando o bandeira anulou um gol de Washington, que havia escorado um cruzamento de Baiano em cobrança de falta.

E se o gol anulado tirou os jogadores do sério, o destino foi cruel com o Brasiliense. Um minuto depois do gol anulado, o Brasília foi ao ataque com o habilidoso Luquinhas. O camisa sete invadiu a área pela esquerda e tocou para Daniel, que chutou de primeira e ampliou o placar para o Colorado.

No segundo tempo, o Jacaré mostrou que a desvantagem no placar não o assustava. Além das boas jogadas de bola parada, o time amarelo passou a assustar o Brasília com as boas jogadas e finalizações de Baiano. E foi exatamente o camisa 5 que criou a jogada que originou o gol da equipe de Taguatinga. Após invadir a área pela direita e cruzar rasteiro, o zagueiro Felipe, do Brasília, tentou cortar, mas acabou empurrando contra as próprias redes.

O gol que deixou o Brasília muito próximo do título só saiu aos 43 minutos do segundo tempo. Em uma cobrança de falta caprichada, Valdeir acertou o ângulo de Welder e consolidou a vitória do Colorado.

Fonte: Super Esportes

Deixe um comentário