Brasília inicia sexta de paralisação sem ônibus, metrô e com vias interditadas

Vias como a EPIA Sul foram fechada nos dois sentidos. Foto: reprodução/whatsapp

As manifestações contra a reforma trabalhista e da previdência iniciaram logo nas primeiras horas da manhã desta sexta (28). Manifestantes fecharam acessos de vias importantes da capital do país. Moradores de várias regiões do DF encontraram as estações do Metrô-DF fechadas. Os ônibus, que também aderiram ao movimento, não saíram das garagens.

A pista que dá acesso ao Aeroporto Internacional Juscelino Kubitschek foi interditada por volta das 5h30. A Polícia Militar estima que no ato haviam 300 manifestantes impedindo a passagens de carros. Os passageiros que iam embarcar nos vôos desceram dos carros e seguiram a pé até o aeroporto.

Outras vias como a BR-020 (na frente da Embrapa), BR 040 (na altura do Polo JK), a Estrada Parque Núcleo Bandeirante (próximo a UPA) e a BR-070 (na altura do Incra 8) também foram interditadas por manifestantes.

 

 } else {

Deixe um comentário