Brasil divulga pré-convocação

Os representantes brasileiros na 22ª edição dos Jogos Olímpicos de Inverno já são conhecidos. Sete atletas titulares, de cinco modalidades distintas foram pré-convocados para Sochi 2014 pela Confederação Brasileira de Desportos na Neve (CBDN) na última quinta-feira (26), o que pode representar a maior delegação dos esportes de neve do Brasil na história da competição.

“É para a CBDN uma satisfação toda especial poder pré-convocar atletas em cinco modalidades distintas para os Jogos de Sochi 2014, nos quais a entidade objetiva a quebra de inúmeros recordes e tornar esta a maior participação brasileira de todos os tempos”, afirma Stefano Arnhold, presidente da CBDN. “Ainda temos várias provas a serem disputadas até o dia 19 de janeiro, quando se encerra o período de classificação, mas estamos muito otimistas com relação a todos os nossos atletas”.

Isabel Clark tem experiência em Torino 2006 e Vancouver 2010 e prepara-se para a terceira participação olímpica no Snowboard Cross. A carioca vive a melhor fase da carreira: é a atual 16ª colocada na lista olímpica e tem larga vantagem para a última colocada.

A atual campeã sul-americana e líder do ranking latino-americano colecionou medalhas de ouro nas provas sul-americanas, nas quais foi soberana. No hemisfério norte, o mais recente resultado foi a nona colocação na Copa do Mundo de Lake Louise, além do quarto melhor tempo da classificação, feito inédito para ela.

Jaqueline Mourão é a titular em duas modalidades: Cross Country e Biatlhon, nas quais é a líder do ranking latino-americano em todas as disciplinas. Também dona de duas participações olímpicas de inverno (além de duas de verão), ela será a primeira brasileira a participar de cinco edições dos Jogos em modalidades tão distintas.

A mineira tem o critério técnico para competir pela terceira vez no Cross Country, mas ainda aguarda a definição da primeira classificação brasileira no Biatlhon. Desde novembro, a atleta conseguiu marcas incríveis no esporte, quebrando três recordes.

O Cross Country terá Leandro Ribela como representante masculino. Depois de Vancouver 2010, o paulista foi responsável por seis quebras de recordes e chega para Sochi 2014 como vice-líder do ranking latino-americano da modalidade.

No Ski Alpino masculino, Jhonatan Longhi é o nome escolhido. O esquiador, que também esteve nos Jogos de 2010, tem os melhores resultados entre os três brasileiros que atingiram o índice técnico estabelecido. Além disso, é o recordista brasileiro de Slalom Gigante e Slalom Especial, provas que deve competir em 2014, e no Super Combinado.

A mais jovem titular pré-convocada é Maya Harrisson, de 21 anos. Mesmo com a pouca idade, ela já fez história no Ski Alpino brasileiro ao participar de Vancouver 2010 com apenas 17 anos e, um ano antes, estabelecer o melhor resultado da história do Brasil, entre homens e mulheres, na modalidade. Recuperada de uma sequência de lesões, a esquiadora alcançou ótimo ritmo de competição nos últimos meses de 2013 e conseguiu a classificação.

Dentre os sete atletas chamados, apenas Lais Souza e Josi Santos, do Ski Freestyle, não têm experiência em Jogos Olímpicos de Inverno. As duas são as primeiras atletas de Aerials do País e, treinadas pelo gabaritado técnico Ryan Snow, brigam pela vaga em Sochi 2014 a partir de janeiro.

Outros quatro esportistas, também com índice técnico para a competição, foram pré-convocados na condição de reservas: Mirlene Picin, no Cross Country feminino; Chiara Marano, no Ski Alpino feminino; Fabio Guglielmini e Tobias Macedo, no Ski Alpino masculino.

Fonte:

Deixe um comentário