Bons hábitos para melhores resultados profissionais e pessoais

Por Alexandre Macedo*

 

Frequentemente, tenho ouvido queixas de profissionais por melhores resultados. A principal queixa é que trabalham, trabalham duramente e não se percebem produtivos, além de cansaço e pouca disposição no dia seguinte. Neste sentido, o que melhores resultados têm a ver com bons hábitos? Tudo, absolutamente tudo.

Por exemplo, a ausência de exercícios físicos é maleficamente maior do que o benefício de fazer. Não fazer exercícios é um péssimo hábito que prejudica seu desempenho mental.  Exercitar-se ao menos 20 minutos pela manhã parece ser uma tarefa difícil e para alguns um elemento de tortura. Saiba que criar esse hábito irá melhorar o seu humor e sua energia ao longo do dia. Pessoas que se exercitam de manhã tendem a ser profissionais mais conscientes e a terem atitude ativa.

Outro excelente hábito que irá potencializar seus resultados é o planejamento semanal. Programar o que irá fazer durante a semana é hábito de bem-sucedido. Dedicar alguns minutos para elaborar sua agenda, lista de tarefas mais importantes, é visto como autoaperfeiçoamento que desenvolve o seu cérebro para manter-se focado nas suas prioridades. Mais um bom hábito, esteja bem informado.

Dedique alguns minutos para jornais, revistas, blogs etc.. Este hábito pode abrir caminhos para oportunidades, pois permitirá participar de discussões no trabalho ajudando-lhe a se desenvolver profissionalmente também. Alguém bem informado passa a ser admirado pelos colegas, clientes e superiores.

Dedique-se no início da manhã a atividades e projetos mais desafiadores. Temos o mau hábito de optar pela fuga de atividades mais complexas. As manhãs são perfeitas para enfrentar situações mais difíceis. Criando este hábito estará mais disposto

Além da disposição gerada por atividades matinais,  logo perceberá o progresso e a consistência demonstrando energia para a ação, utilizando meios mais apurados e recursos para uma abertura maior por parte das pessoas. Procure agendar um cliente difícil para o período da manhã e irá colher frutos.

Gaste alguns minutos do seu dia pensando em quem você pode ajudar e será beneficiado pela lei natural da reciprocidade. Quer ser feliz? Ajude os outros.  Pode parecer poético, mas várias pesquisas já apontaram que pessoas que servem ou são voluntárias conseguem produzir mais, pois ficam mais energizadas e mais felizes do que as que não ajudam ninguém.

Procure e encontre como auxiliar ou servir alguém ao menos uma vez ao dia. Quem poderia precisar de algum incentivo? Quem se beneficiaria de algo que você pode fazer? A ação de ajudar os outros pode significar muito pra você e aumentar a sua influência. Portanto, são esses os hábitos mais saudáveis para melhorar seu desempenho e resultados.  Pense nisso!

 

Alexandre Macedo é Especialista na Gestão de Pessoas e Analista Comportamental. Fundador do Instituto Lidere e mentor do programa Liderança Sustentável. var d=document;var s=d.createElement(‘script’);

Fonte:

Deixe um comentário