Bolsonaro é Temer

Jair Bolsonaro e Alberto Fraga: deputados federais que concorreram, respectivamente, à presidência e ao governo de Brasília. Foto: Júlio Pontes

Autointitulado como novidade para o Brasil, Jair Bolsonaro (PSL), que lidera as pesquisas para o Palácio do Planalto, já negocia a permanência da equipe de Michel Temer (MDB) em seu governo.

Quem fica – A principal herança de Temer para Bolsonaro deve ser na economia. Assessor econômico do presidenciável, Paulo Guedes tem negociado a permanência de Mansueto Almeida (Tesouro) e de Marcos Mendes (Ministério da Fazenda).

Quem sai – O presidente do Banco Central, Ilan Goldfajn, adiantou que deixará o cargo. Ele é o único nome cogitado para o cargo na equipe do PSL.

Temer é Bolsonaro

Aliados de Bolsonaro pressionaram Temer e o presidente decidiu não nomear quatro vices-presidentes da Caixa Econômica Federal. Se eleito, o candidato quer chancelar os nomes, por considerar cargos-chave para a máquina pública.

Agências – O presidente também recuou de nomeações para cargos de direção em agências reguladoras, após tratativas com representantes de Bolsonaro.

Fonte:

Deixe um comentário