Bolsonaro e Fraga antecipam campanha no DF

Bolsonaro e Fraga estarão juntos durante as eleições de 2018. Foto: Júlio Pontes

O deputado Alberto Fraga (DEM-DF) recebeu o pré-candidato a presidente da República Jair Bolsonaro (PSC-RJ) nesta quarta-feira (13) no Clube dos Oficiais da Polícia Militar, no Setor de Clubes Sul de Brasília, para endossar o discurso de ambos na campanha de 2018. Amigos de longa data, a dupla faz uma pregação conservadora, de valorização da família, defesa da segurança pública e de ética na política. Fraga é pré-candidato a governador do DF.

Recebido aos gritos de “mito”, Bolsonaro, durante os 20 minutos de discurso, evitou o radicalismo presente em seus pronunciamentos e fez críticas comedidas ao ex-presidente Lula, que, na terça-feira, teve a data do julgamento de seu recurso marcada para janeiro pelo Tribunal Regional Federal da quarta região, em Porto Alegre (RS). Colou sua imagem à do presidente dos EUA, Donald Trump, e criticou ideologias ligadas à esquerda.

“Não podemos admitir que nossos filhos aprendam besteiras na sala de aula. Aquilo que seus pais não querem. Temos que valorizar a família e respeitar as religiões. O Estado é laico e vai continuar sendo. Mas, 90% dos brasileiros são cristãos. Respeitamos as outras religiões, inclusive, quem não tem. Estamos no mesmo barco”, disse.

Ao lado de Fraga, o principal tema do encontro foi Segurança Pública. Bolsonaro defendeu que policiais que dessem mais de dois tiros em um bandido respondessem pelo crime, porém, que não devem ser punidos.

“Sequer a economia funciona se não tivermos segurança. Não adianta os policiais cumprirem a missão e outras instituições, não. Nós temos que colocar fim às audiências de custódia. Nós temos que dar retaguarda jurídica para vocês”, disse ele, para um auditório inflamado.

Deixe um comentário