+Bike tem duas novas estações

 

Com o reforço, agora são 47 estações de compartilhamento em Brasília. Foto: Gabriel Jabur/Agência Brasília

O governo de Brasília entregou, nesta terça-feira (22), mais duas estações de bicicletas compartilhadas na Asa Norte. Elas ficam nas Quadras 408/409 e 410/411, região próximo à Universidade de Brasília (UnB), onde há grande utilização desses veículos. Com o reforço ao programa +Bike, a capital passa a contar, agora, com 47 estações de compartilhamento. De acordo com o secretário de Mobilidade, Fábio Damasceno, os pontos foram escolhidos em razão da alta demanda.

Na região, é alta a concentração de estudantes que utilizam bicicletas para ir e voltar das aulas. “O que se observa, desde o lançamento do +Bike, é que esta região tem grande procura. Provavelmente haverá utilização elevada das novas estações, dentro de uma área que tem infraestrutura compatível com o sistema”, prevê. Desde a implementação de cinco estações do programa na UnB, em agosto de 2017, a instituição tem contribuído para o crescimento significativo do número de viagens mensais do sistema de bicicletas. De janeiro a abril de 2017, foram feitas 68.406 viagens. No mesmo período de 2018, foram 109.160 viagens.

É na região da UnB que os usuários mais retiram e devolvem as bikes. Em abril deste ano, por exemplo, 20.59% das retiradas ocorreram por lá, a maior parte no Instituto das Artes. Em seguida vem a Rodoviária do Plano Piloto (14,19%) e depois o Espaço Brasil 21 (5%).

RETIRADAS
Abril de 2018
Estação%
UnB20.59
Rodoviária14,19
Brasil 215.00
Ministério da Saúde2,82

No que diz respeito às devoluções, foi constatado que a maior parte dos usuários do sistema entrega as bicicletas também na região da UnB (25,68%), seguida da Rodoviária do Plano Piloto (16,55%) e do Brasil 21 (4,93%).

DEVOLUÇÕES
Abril de 2018
Estação%
UnB25,68
Rodoviária16,55
Brasil 214,93
Ministério da Saúde2,57

O sistema

O sistema de bicicletas compartilhadas tinha 176.245 pessoas cadastradas até a última atualização, em abril deste ano. Desde o início do programa até abril de 2018, foram registradas 945.262 viagens. Só neste ano, já foram 109.160. A maior utilização do sistema, em abril, ocorreu nas segundas-feiras (17%), seguido de terça, quarta, quinta e sexta, com índice médio de 15%.

Aos sábados, esse porcentual caiu para 10% e, aos domingos, foi para 13%. O horário das 16 às 18 horas é o mais utilizado em qualquer dia da semana.

Deixe um comentário