Baladeiro no BNDES

A nomeação do novo presidente do BNDES, Gustavo Montezano, de 38 anos, que substituirá Joaquim Levy, demitido domingo (16), é atribuída aos filhos de jair Bolsonaro. Amigo pessoal do novo chefão do BNDES, Eduardo Bolsonaro estava presente num ruidoso episódio que escancara o estilo de vida do recém-nomeado. Em outubro de 2015, Montezano envolveu-se numa briga no edifício em que morava no bairro do Itaim Bibi, em São Paulo. Ele comemorava seu aniversário madrugada a dentro.

Festa de arromba – Era sua terceira festa de arromba em 80 dias. Repreendido, discutiu com o zelador e arrombou portões do edifício. Câmaras de segurança registraram a confusão. O condomínio registrou uma queixa-crime e processou o executivo por danos materiais e morais.

Ele foi condenado em duas instâncias. A defesa alegava que era uma reunião com parentes e amigos. O juiz, na sentença, foi taxativo: a explicação não convencia. Ao fim, foi fechado um acordo e Montezano teve de desembolsar R$ 28 mil.

Deixe um comentário