Autor de petição contra Renan pede ajuda

Manifestantes entregaram nessa quarta-feira, 20, um abaixo-assinado online com 1,6 milhão de assinaturas a senadores pedindo o impeachment do presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL). Eles querem também questionar no Supremo Tribunal Federal a constitucionalidade do regimento interno da Casa, que hoje permite eleger o presidente do Senado por meio de voto secreto.
Grupo fez em frente ao Congresso - Dida Sampaio/AE
Dida Sampaio/AE
Grupo fez em frente ao Congresso
“É um absurdo as regras do Congresso se sobreporem ao texto da Constituição”, reclamou Pedro Abramovay, coordenador de campanha da ONG Avaaz – plataforma virtual que abrigou a petição e patrocinou o ato.
Professor de Direito da FGV-Rio, Abramovay combinou com o presidente da Ordem dos Advogados do Brasil, Marcus Furtado Coêlho, que o assunto seja levado à avaliação do Conselho Federal da entidade. Este decidirá se entra no Supremo com Ação Direta de Inconstitucionalidade (Adin) para tentar mudar as regras de eleição para presidente no Senado.
Caso os ministros do STF julguem a ação procedente, decidirão quando a mudança entra em vigor.
Fonte: Estadão
Sites e Blogs

Deixe um comentário